top of page
Buscar
  • Foto do escritorConstrutora Fórmula

Quanto custa comprar um apartamento? Entenda todos os custos para adquirir seu imóvel

A compra do apartamento não se resume somente ao valor do imóvel, seja ele comprado à vista ou financiado. Já falamos aqui no blog sobre como comprar um apartamento e não se endividar. Hoje vamos aprofundar no assunto abordado no item 2, que envolve o planejamento de gastos. Muitas pessoas ficam apegadas ao custo do imóvel e se esquecem das taxas, impostos e demais custos que comprar um apartamento demanda. Entenda todos os custos para adquirir seu imóvel.

Índice Nacional de Custos da Construção (INCC)

INCC é uma taxa calculada pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), mensalmente, e que assegura a construtora quanto à variação de custos da mão de obra, materiais de construção e toda matéria prima utilizada na obra. O INCC incide todo mês nas parcelas de financiamento do seu imóvel. Se você não estiver contando com essa taxa, atente-se, pois ela irá alterar o valor final do pagamento do seu imóvel.

Imposto sobre transmissão de bens imóveis (ITBI)

Imposto cobrado pela prefeitura, de acordo com o município de localização do imóvel, na transferência de propriedade do imóvel. O ITBI pode ser pago parcelado no caso de escritura pública lavrada em cartório. O valor deve ser pago à vista no caso de financiamento bancário. Este valor deve ser pago antes de formalizar a escritura.

Escritura

A escritura é uma etapa que deve ser feita após assinar o contrato. Ela formaliza, diante do oficial do cartório, a ação do vendedor e do comprador em realizar a compra e a venda, transferindo as responsabilidades do proprietário para o comprador. O valor varia conforme o preço do imóvel e com o Cartório de Notas e Registro de Imóveis de cada cidade e estado. Nela estará descrito tudo que foi acordado entre as partes envolvidas (informações do imóvel, forma de pagamento, data de entrega das chaves, entre outros). No caso do imóvel financiado por banco, é considerado como escritura o contrato com o banco.

Registro de Imóveis

É o registro da escritura no Cartório de Registro de Imóveis. É isso que vai comprovar legalmente quem é o dono do imóvel. Em média, é cobrado 1% do valor do imóvel. É o registro do imóvel que garante ao comprador o bem e o isenta de fraudes ou perda do bem. A partir do registro, o comprador passa a ser o proprietário do imóvel e torna a ser sua obrigação o pagamento de IPTU, condomínio, entre outros. Dica: solicite a matrícula atualizada do imóvel antes da compra, evitando imprevistos futuros.

Ao fazer a compra financiada do primeiro imóvel pelo Sistema Financeiro de Habitação (SFH), você poderá ter 50% de desconto no valor da escritura e do registro. Caso seja o seu caso, você poderá economizar um bom dinheiro. Informe-se com o seu corretor!

Taxa de avaliação do imóvel

Para conseguir financiamento, a instituição financeira deverá fazer uma vistoria do imóvel antes de aprovar o crédito. Esta avaliação é necessária, uma vez que o imóvel torna-se garantia ao financiamento.

Custos de mudança e reforma para adquirir seu imóvel

Casal fazendo mudança e reformando novo apartamento


Levar seus bens até o novo imóvel pode ser trabalhoso, demanda tempo e um transporte adequado para que nada estrague no meio do caminho. Faça orçamentos com diferentes empresas, peça ajuda de amigos e familiares que possam facilitar e reduzir esse custo para você. Além disso, se você for precisar de ajuda de um profissional para desmontar e montar alguns móveis, considere esse gasto!

Além disso, deixar a sua casa com a sua cara e de forma que comporte todos os seus móveis e eletrodomésticos pode exigir que se invista em reformas, adequações e reparos. Faça cotações e confie em profissionais qualificados e bem recomendados por parentes, amigos ou conhecidos.

Taxas mensais e anuais

Ao comprar seu imóvel, lembre-se de avaliar os gastos que você terá mensalmente e anualmente, seja com IPTU, condomínio, reformas e outros que por ventura surjam. Imóveis com poucas unidades habitacionais podem ter o condomínio mais alto, a área de lazer pode influenciar nas taxas a serem pagas, a localização do imóvel pode gerar um imposto mais elevado. Considere todas as variáveis.

Custo com advogado

Casal assinando contrato do novo apartamento


Apesar de não ser um custo obrigatório, é muito importante que você tenha um advogado de confiança para avaliar o contrato para você. Dessa forma, você garante que não está pagando valores abusivos ou que não são da responsabilidade do comprador.

Comprar um apartamento não é uma decisão, nem um processo fácil. Mas sendo feito da forma correta e atentando-se aos detalhes, será recompensador entrar em um imóvel e poder chama-lo de seu! Informe-se com o seu corretor e advogado quais custos você terá com a sua compra e planeje o seu orçamento com todos os valores necessários para comprar seu apartamento. Dica: separe em torno de 8% do valor do imóvel para arcar com todos os custos para adquirir o seu imóvel e boa sorte! Entre em contato com a equipe de atendimento da Construtora Fórmula e compre seu apartamento agora.

2 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page